A Recitação Atrás do Imām – Shaykh Al-Albānī

مصلى_المرواني.JPG

bismillah (1)

A Ab-rogação da Recitação Atrás do Imām nas Orações em Voz Alta

Ele ﷺ deu permissão para aqueles sendo liderados pelo Imām para recitar a Sūrah Al-Fātiḥah nas orações em voz alta, quando uma vez:

Ele ﷺ estava rezando a oração do Fajr e a recitação ficou difícil para ele. Quando ele terminou, ele ﷺ disse: “Talvez vós recitais atrás do vosso Imām.” Nós dissemos: “Sim. Rapidamente [1], ó, Mensageiro de Allāh.” Ele disse: “Não façais isso, exceto por [cada um de vós recitar] o capítulo de abertura do Livro, pois a oração não é válida para aquele que não a recita.”

[Al-Bukhārī no seu artigo, Abū Dāwūd e Aḥmad. At-Tirmidhī e Ad-Dāraquṭnī classificaram esse ḥadīth como ḥasan]

Depois, ele ﷺ lhes proibiu definitivamente de recitar nas orações em voz alta, quando

Ele ﷺ terminou uma oração na qual estava recitando em voz alta (e em uma narração: que era a oração da alvorada) e disse: “Algum de vós estava recitando comigo logo agora?” Um homem disse: “Sim, eu estava, ó, Mensageiro de Allāh.”Ele ﷺ disse: “Por que eu estou competindo com isso?” [Abū Hurayrah disse:] Então as pessoas pararam de recitar com o Mensageiro de Allāh ﷺ quando ele estava recitando em voz alta logo após ouvir isso dele [e eles recitavam para si mesmos em privado quando o Imām não estava recitando em voz alta].

[Mālik, Al-Ḥumaydī, Al-Bukhārī no seu artigo, Abū Dāwūd e Al-Maḥāmalī (6/139/1). At-Tirmidhī classificou esse ḥadīth como ḥasan e Abū Ḥātim Ar-Rāzī, Ibn Ḥibbān e Ibn Al-Qayyim o classificaram como ṣaḥīḥ.]

Ele ﷺ também fez o silêncio durante a recitação do Imām como parte da integridade e completude do seguimento do Imām, dizendo:

O Imām está lá para ser seguido. Então quando ele fizer o takbīr (diz “Allāhu akbar”), fazei o takbīr. E quando ele recitar, ficai em silêncio.

[Ibn Abī Shaybah (1/97/1), Abū Dāwūd, Muslim, Abū ‘Awānah e Ar-Ruwayānī no seu Musnad (24/119/1). E ele é dado em Al-Irwā (332 e 394).]

Assim como ele ﷺ fez ouvir a recitação do Imām como suficiente, para não ter que se recitar atrás dele, dizendo:

Quem quer que tenha um Imām, então a recitação do Imām é a sua recitação.

[Ibn Abī Shaybah (1/97/1), Ad-Dāraquṭnī, Ibn Mājah, Aṭ-Ṭaḥāwī e Aḥmad por várias rotas (de transmissão) musnad e mursal. Shaykh Al-Islām Ibn Taymīyah o declarou qawī (forte), como está [citado] em Al-Furū’ de Ibn  ‘Abdil-Hādī (48/2), e Al-Buṣayrī classificou algumas rotas de transmissão como ṣaḥīḥ. Eu (Al-Albānī) o discuti em detalhe e investiguei suas rotas de transmissão na versão manuscrita de Irwā ul-Ghalīl (500).]

Isso é nas orações em voz alta.

A Obrigação da Recitação nas Orações em Voz Baixa

Quanto às orações em voz baixa, então ele ﷺ aprovou sobre eles a recitação durante estas. Jābir disse:

Nós costumávamos recitar atrás do Imām no Ẓuhr e no ‘Aṣr a Sūrah Al-Fātiḥah e outra Sūrah nas duas primeiras Rak’āt e [somente] a Sūrah Al-Fātiḥah nas duas últimas.

[Ibn Mājah com um sanad (corrente de transmissão) ṣaḥīḥ. E isso é tirado de Al-Irwā (506)]

No entanto, ele ﷺ lhes deteve de confundi-lo com a recitação deles, quando:

Ele rezou o Ẓuhr com seus Companheiros e então disse: “Algum de vós recitou ‘Glorifica o nome do teu Senhor, O Altíssimo?’ [ou seja, a Sūrah Al-A’lā (87)]?” Um homem disse: “Eu. [E eu não queria com isso, exceto o bem].” Então ele ﷺ disse: “Eu sabia que alguém estava disputando comigo através dela [ou seja, recitando essa Sūrah].”

[Muslim, Abū ‘Awānah e As-Sirāj]

E em outro ḥadīth:

Eles costumavam recitar atrás do Profeta ﷺ [em voz alta], então ele ﷺ disse: “Vós misturastes [a recitação d]o Qurān sobre mim.”

[Al-Bukhārī no seu artigo, Aḥmad e As-Sirāj com um sanad ḥasan.]

Ele ﷺ também disse:

Em verdade, a pessoa que reza está consultando privadamente o seu Senhor, então que ele seja cuidadoso sobre com o que ele O consulta; e não reciteis o Qur.ān em voz alta uns sobre os outros.

[Mālik e Al-Bukhārī em Af’āl Al-‘Ibād com um sanad ṣaḥīḥ.]

{Benefício: A visão da validade da recitação atrás do Imām nas orações em voz baixa, mas não nas em voz alta, foi tomada pelo Imām AshShāfi’ī inicialmente e por Muḥammad, o estudante de Abū Ḥanīfah, em um relato dele que foi preferido pelo Shaykh ‘Alī Al-Qārī e alguns dos Shaykhs do Madhhab. Esse também era o dito [ou seja, a posição] do Imām Az-Zuhrī, Mālik, Ibn Al-Mubārak, Aḥmad bin Ḥanbal, um grupo dentre os Muḥaddithīn (sábios de ḥadīth) e outros além deles. E essa é a preferência do Shaykh Al-Islām Ibn Taymīyah.}

Ele ﷺ costumava dizer:

Quem quer que leia uma letra do Livro de Allāh, então ele terá uma recompensa; e uma recompensa com dez vezes o seu equivalente. Eu não digo que “Alif, Lām, Mīm” é uma letra, mas que “Alif” é uma letra, “Lām” é uma letra e “Mīm” é uma letra.

[At-Tirmidhī e Al-Ḥakim com um sanad ṣaḥīḥ. Coletado por Al-Ājurrī em Ādāb Ḥamalah Al-Qur.ān. E ele foi tirado de Aṣ-Ṣaḥīḥah (660). Quanto ao ḥadīth: “Aquele que recita atrás do Imām, sua boca é cheia com fogo.” Então ele é mawdū’ (fabricado) e isso é explicado em Silsilah Al-Aḥādīth Aḍ-Ḍa’īfah (569).]

[1] <هذّاً> {hadhdhan}: recitar rapidamente, implicando correr ou se apressar.

Fontes: Ṣifat Aṣ-Ṣalāt An-Nabī ﷺ Min At-Takbīr Ilā At-Taslīm Ka-annaka Tarāhā (págs. 98-101);

The Prophet’s Prayer Described (págs. 22-23).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s