A Shahādah (Testemunho de Fé) – Dr. Saleh As-Saleh [Parte 2]

Amanhecer_em_Goiânia
bismillah (1)

Leia primeiro: A Shahādah (Testemunho de Fé) – Dr. Saleh As-Saleh [Parte 1]

أشهد أن لا إله إلا الله وأشهد أن محمدا رسول الله

Ash-hadu an lā ilāha illAllāh wa ash-hadu anna Muhammadan rasūlullāh

“Eu testemunho que não há deus verdadeiro, nada é merecedor de adoração exceto Allāh e que Muhammad é Seu servo e Mensageiro.”

A segunda parte da Shahādah é a declaração que Muḥammad é o Seu servo e Mensageiro. É a crença que Muḥammad ﷺ é o Mensageiro de Allāh final. Isto significa que:

  1. O que quer que Allāh nos contou sobre Muḥammad ﷺ deve ser verdade:

لَقَدْ جَاءَكُمْ رَسُولٌ مِّنْ أَنفُسِكُمْ عَزِيزٌ عَلَيْهِ مَا عَنِتُّمْ حَرِيصٌ عَلَيْكُم بِالْمُؤْمِنِينَ رَءُوفٌ رَّحِيمٌ

Chegou-vos um Mensageiro (Muḥammad ﷺ) dentre vós, o entristece que deveis receber qualquer dano ou dificuldade, anseia por proteger-vos e é compassivo e misericordioso com os crentes. [At-Tawbah (9): 128]

يَا أَيُّهَا النَّبِيُّ إِنَّا أَرْسَلْنَاكَ شَاهِدًا وَمُبَشِّرًا وَنَذِيرًا

وَدَاعِيًا إِلَى اللَّهِ بِإِذْنِهِ وَسِرَاجًا مُّنِيرًا

Ó Profeta, em verdade, enviamos-te como testemunha, alvissareiro e admoestador! E como convocador a Allāh [para adorar nada exceto Allāh, Sozinho], com Sua anuência e como lâmpada luminosa [através das suas instruções do Qur.ān e da Sunnah]. [Al-Ahzāb (33):45-46]

قُلْ إِنَّمَا أَنَا بَشَرٌ مِّثْلُكُمْ يُوحَىٰ إِلَيَّ أَنَّمَا إِلَٰهُكُمْ إِلَٰهٌ وَاحِدٌ ۖ فَمَن كَانَ يَرْجُو لِقَاءَ رَبِّهِ فَلْيَعْمَلْ عَمَلًا صَالِحًا وَلَا يُشْرِكْ بِعِبَادَةِ رَبِّهِ أَحَدًا

Dize: Sou tão-somente um mortal como vós, a quem tem sido revelado que o vosso Deus é um Deus único. Por conseguinte, quem espera o comparecimento ante seu Senhor que pratique o bem e não associe ninguém em adoração com Ele.

أَكَانَ لِلنَّاسِ عَجَبًا أَنْ أَوْحَيْنَا إِلَىٰ رَجُلٍ مِّنْهُمْ أَنْ أَنذِرِ النَّاسَ وَبَشِّرِ الَّذِينَ آمَنُوا أَنَّ لَهُمْ قَدَمَ صِدْقٍ عِندَ رَبِّهِمْ ۗ قَالَ الْكَافِرُونَ إِنَّ هَٰذَا لَسَاحِرٌ مُّبِينٌ

Estranham, acaso, as pessoas, que tenhamos inspirado um homem de seu povo, dizendo-lhe: Admoesta os homens (da vinda do tormento do Inferno) e avisa os crentes que terão uma sublime recompensa das suas boas ações? Todavia, os incrédulos dizem dele: é um mago declarado (isto é, o Profeta Muḥammad e o Qur.ān).! [Yūnus (10): 2]

قُل لَّا أَمْلِكُ لِنَفْسِي نَفْعًا وَلَا ضَرًّا إِلَّا مَا شَاءَ اللَّهُ ۚ وَلَوْ كُنتُ أَعْلَمُ الْغَيْبَ لَاسْتَكْثَرْتُ مِنَ الْخَيْرِ وَمَا مَسَّنِيَ السُّوءُ ۚ إِنْ أَنَا إِلَّا نَذِيرٌ وَبَشِيرٌ لِّقَوْمٍ يُؤْمِنُونَ

Dize (ó Muḥammad ﷺ): Eu mesmo não possuo nenhum poder de beneficiar ou machucar exceto o que for da vontade de Allāh. E se eu tivesse o conhecimento do incognoscível, aproveitar-me-ia de muitos bens e o infortúnio jamais me tocaria. Porém, não sou mais que um admoestador e alvissareiro para os crentes. [Al-A’rāf (7): 188]

    2. Nós devemos adorar Allāh como ensinado por Muḥammad ﷺ                                 A obediência a Muḥammad ﷺ é uma Ordem de Allāh:

Aceitai, pois, o que vos der o Mensageiro, e abstende-vos de tudo quanto ele vos proíba. E temei a Allāh, pois Allāh é Severíssimo no castigo. [Al-Hashr (59): 7]

O significado das ayah (versículos) acima é muito bem ilustrado na seguinte narração:
Narrado por ‘Alqama: ‘Abdullāh (bin Mus’ud) disse:

Allāh amaldiçoa aquelas mulheres que tatuam e se deixam tatuar, e aquelas mulheres que removem o pelo das suas faces e aquelas que fazem espaços artificiais entre os dentes para parecerem mais bonitas mudando a criação de Allāh.” Deu dito chegou a uma mulher da [tribo] Bani Asd chamada de Umm Ya’qub que veio para ‘Abdullāh e disse: “Eu vim saber se você amaldiçoou tais e tais [mulheres].?” Ele respondeu: “Por quê eu não deveria amaldiçoar aqueles a quem o Mensageiro de Allāh amaldiçoou e que são amaldiçoados no Livro de Allāh!” Umm Ya’qub disse: “Eu li todo o Qur.ān e não e encontrei o que você diz.” Ele disse: “Em verdade, se você leu (ou seja, o Qur.ān) você encontrou isso. Você não leu ‘Aceitai, pois o que vos der o Mensageiro, e abstende-vos de tudo quanto ele vos proíba.’ [Al-Hashr (59): 7].” Ela respondeu: “Sim, eu li.” Ele disse: “Em verdade, o Mensageiro de Allāh proibiu essas coisas.” Ela disse: “Mas eu vi sua esposa fazendo essas coisas.” Ele disse: “Vá e observe-a.” Ela foi e observou-a, mas não pôde ver nada em apoio a sua declaração. Sobre isso ele disse: “Se minha esposa fosse como você pensou, eu não a manteria na minha companhia (ou seja, eu me divorciaria dela).

مَّن يُطِعِ الرَّسُولَ فَقَدْ أَطَاعَ اللَّهَ ۖ وَمَن تَوَلَّىٰ فَمَا أَرْسَلْنَاكَ عَلَيْهِمْ حَفِيظًا

Quem obedecer ao Mensageiro obedecerá a Allāh, mas quem se rebelar, saiba que não te enviamos para lhes seres guardião. [Al-Nisa’ (4): 80]

O Profeta ﷺ disse:

“Quem me obedecer, obedece Allāh e quem me desobedecer, desobedece Allāh e quem obedece ao governante que eu nomeio, obedece-me e quem desobedece a ele, desobedece-me. “[Coletado por Al-Bukhārī]

  Ele ﷺ também disse:

“Todos os meus seguidores entrarão no Paraíso exceto aqueles que recusarem.” Eles disseram: “Ó Mensageiro de Allāh! Quem vai recusar?” Ele disse: “Quem me obedecer vai entrar no Paraíso e quem me desobedecer é aquele que se recusa a entrar.” [Coletado por Al-Bukhārī]

Os assuntos que discutem a adoração a Allāh, disciplina, ordens, conselhos, aprovações e as recomendações detalhadas por Muḥammad ﷺ são coletivamente conhecidas como Sunnah. A Sunnah também pretende enfatizar a maneira correta de entender o Dīn (Religião) do Islām em contraste com as formas de desvios e (ou) inovações. A Sunnah é uma Inspiração de Allāh e não é a ideia, pensamento ou desejo do Profeta ﷺ:

وَمَا يَنطِقُ عَنِ الْهَوَىٰ إِنْ هُوَ إِلَّا وَحْيٌ يُوحَىٰ

Nem ele (o Profeta ﷺ) fala por capricho. Isso não é senão a inspiração que lhe foi revelada. [An-Najm (53): 3-4]

Então, obedecendo à Sunnah do Profeta ﷺ nós estamos obedecendo Allāh. Não deve haver resistência ao caminho do Profeta ﷺ. Ele ﷺ deve ser tomado com o juiz em todas as disputas como Allāh comanda claramente:

فَلَا وَرَبِّكَ لَا يُؤْمِنُونَ حَتَّىٰ يُحَكِّمُوكَ فِيمَا شَجَرَ بَيْنَهُمْ ثُمَّ لَا يَجِدُوا فِي أَنفُسِهِمْ حَرَجًا مِّمَّا قَضَيْتَ وَيُسَلِّمُوا تَسْلِيمًا

Mas não! Por teu Senhor, não crerão até que te tomem (Ó Muḥammad) por juiz de suas dissensões e não objetem ao que tu tenhas sentenciado. Então, submeter-se-ão a ti espontaneamente. [An-Nisā’ (4):65]

لَّا تَجْعَلُوا دُعَاءَ الرَّسُولِ بَيْنَكُمْ كَدُعَاءِ بَعْضِكُم بَعْضًا ۚ قَدْ يَعْلَمُ اللَّهُ الَّذِينَ يَتَسَلَّلُونَ مِنكُمْ لِوَاذًا ۚ فَلْيَحْذَرِ الَّذِينَ يُخَالِفُونَ عَنْ أَمْرِهِ أَن تُصِيبَهُمْ فِتْنَةٌ أَوْ يُصِيبَهُمْ عَذَابٌ أَلِيمٌ

Não julgueis que a convocação do Mensageiro, entre vós, é igual à convocação mútua entre vós, pois Allāh conhece aqueles que, dentre vós, se esquivam furtivamente. Que temam, aqueles que desobedecem às ordens do Mensageiro, que lhes sobrevenha uma provação ou lhes açoite um doloroso castigo. [An-Nūr (24): 63]

O Profeta ﷺ disse:

“Aquele que faz um ato cuja nossa questão (isto é, nossa religião) não está de acordo, irá ter isso rejeitado.” [Relatado por Muslim e Al-Bukhārī com um palavreado diferente]

A Sunnah do Profeta ﷺ é seguramente salvaguardada como Allāh prometeu salvar a mensagem do Islām de qualquer corrupção humana. O seguimento da Sunnah do Profeta ﷺ é a manifestação da Declaração: “Muḥammad é o Seu servo e Mensageiro.”:

قُلْ إِن كُنتُمْ تُحِبُّونَ اللَّهَ فَاتَّبِعُونِي يُحْبِبْكُمُ اللَّهُ وَيَغْفِرْ لَكُمْ ذُنُوبَكُمْ ۗ وَاللَّهُ غَفُورٌ رَّحِيمٌ

Dize (Ó Muḥammad): Se verdadeiramente amais a Allāh, segui-me; Allāh vos amará e perdoará as vossas faltas, porque Allāh é Indulgente, Misericordiosíssimo. [Āl-‘Imrān (3: 31]

A declaração que Muḥammad ﷺ é o servo e Mensageiro de Allāh é uma parte integral da fé. Muḥammad deve ser confiável em tudo o que ele nos informou sobre o Islām. Ele ﷺ deve ser obedecido em tudo o que ele ordenou e devemos ficar longe de tudo o que ele proibiu. A obediência a Muḥammad ﷺ é uma obediência a Allāh. Ele nos deixou com tudo que leva ao Paraíso e nos adverte de tudo que leva ao Inferno.

Continue lendo: Será que É Suficiente Só “Dizer” a Shahādah (Testemunho de Fé)? – Dr. Saleh As-Saleh

Tradução: ‘Aishah Barletta

Tradução original: https://abdurrahmanorg.files.wordpress.com/2014/11/the-shahaadah-e28093-testimony-of-faith-by-saleh-as-saleh.pdf

Traduzido originalmente por: Dr. Saleeh As-Saleeh

Um comentário em “A Shahādah (Testemunho de Fé) – Dr. Saleh As-Saleh [Parte 2]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s