Será que É Suficiente Só “Dizer” a Shahādah (Testemunho de Fé)? – Dr. Saleh As-Saleh

CÉU E MAR_21102013_03 (1)

bismillah (1)

Não sabe o que é a Shahādah? Leia: aqui.

A Crença na Unicidade de Allāh não significa somente aceitar que não há criador exceto Allāh e que Allāh é o Senhor Soberano (Rabb). A pessoa que admite este fato e ainda ao mesmo tempo insiste em associar parceiros a Allāh na adoração é um Mushrik [aquele que comete Shirk (politeísmo)], mesmo que ele possa diariamente proferir a Shahādah. O Tawhīd (Monoteísmo Puro), no entanto, incorpora o amor de Allāh, Sozinho, submissão, humildade, completa obediência e sinceridade de adoração a Allāh, Sozinho.   Toda a nossa vida deve ser por Sua causa. Quem quer que reconheça esse significado de Tawhīd (Monoteísmo) então ele entende o dito do Profeta Muḥammad ﷺ:

Allāh proibiu a entrada ao Inferno de quem diz lā ilāha illAllāh (Não há deus verdadeiro, nada é digno de adoração, exceto Allāh.), buscando a Face de Allāh. [Coletado por Al-Bukhārī e Ahmad]

Os hipócritas podem proferir a Shahādah e ainda assim é sabido que eles estão na parte mais baixa do Inferno. Sua declaração não é sincera:

إِنَّ الْمُنَافِقِينَ فِي الدَّرْكِ الْأَسْفَلِ مِنَ النَّارِ وَلَن تَجِدَ لَهُمْ نَصِي-

Os hipócritas ocuparão as mais baixo piso do Inferno e jamais lhes encontrarás socorredor algum. [An-Nisā’ (4): 145]

É uma obrigação que a declaração da Shahādah seja confirmada no coração assim como pela língua. O coração é o “rei” e o resto do corpo é o “exército” sob o seu comando. O Profeta ﷺ disse:

“Em verdade existe um pedaço de carne no corpo que se é bom o resto do corpo torna-se bom; e se é ruim, o resto do corpo se torna tuim, e esse é o coração.” [Parte de um ḥadīth autêntico coletado por Al-Bukhārī e Muslim]

Uma vez que a Shahādah é estabelecida no coração, ela ajudará a transformar o status da pessoa tal que o Fogo do Inferno lhe será proibido. Foi narrado que o Profeta ﷺ disse:

“Quem quer que diga lā ilāha illAllāh (não há deus verdadeiro, nada é digno de adoração, exceto Allāh) e declara Kufr (descrença) no que quer que seja adorado além de Allāh, então seu dinheiro e sangue são Haram (proibido) e o julgamento (sobre essa pessoa) está com Allāh.” [Coletado por Muslim e Ahmad].

O ḥadīth acima é uma grande explicação do verdadeiro significado de “Não há deus verdadeiro, nada é digno de adoração, exceto Allāh.” Isso enfatiza que deve haver uma completa dissociação de qualquer um ou qualquer coisa tomada como divindade além de Allāh. Não pode haver adoração oferecida para um homem virtuoso, uma estrela, lua, fogo, rio, vaca, Buda, Ghandi, Jesus, Khomeini, Malcom X ou Y! Farakhan, túmulos, estátuas, dinheiro, desejos, cabeças de estátuas e assim por diante. O Islām abole todas as formas de deidades feitas pelo homem. Quando a pessoa descrê na adoração oferecida para outro além de Allāh, então ele se torna Muslim.

É muito claro que os descrentes (Kuffar) de Mecca sabiam o que Profeta ﷺ quis dizer pela palavra que ele levou para eles de Allāh: “Não há deus verdadeiro, nada é digno de adoração, exceto Allāh.” Eles acreditaram que Allāh era o Sustentador, Aquele que dá a vida e causa a morte. Mas quando Muḥammad ﷺ falou para eles falarem: “Não há deus verdadeiro, nada é digno de adoração, exceto Allāh.”, a resposta deles foi:

أَجَعَلَ الْآلِهَةَ إِلَٰهًا وَاحِدًا ۖ إِنَّ هَٰذَا لَشَيْءٌ عُجَابٌ –
“Pretende, acaso, fazer de todos os deuses um só Deus (Allāh)? Em verdade, isto é algo assombroso!” [Sād (38): 5]

Eles sabiam quem a declaração da Shahādah significava a abolição de tudo introduzido entre eles e Allāh; um final para os “deuses” intermediários. Esta foi a razão por trás da rejeição.

Este testemunho de Tawhīd (Monoteísmo) é puro de qualquer falsidade. Ele traz morada eterna no Paraíso para aqueles que cumprem suas condições e o que isso implica. Sua rejeição traz morada eterna no An-Nār (Inferno). Que Allāh me guie e você fique entre aqueles que ama esta declaração, bem como respeita o seu significado.
____________________________________________________________________________________________

Aquele em necessidade da Misericórdia de Allāh

Saleh As-Saleh, que Allāh me perdoe, meus pais, minha família e a todos os Muslims. E que Ele recompense a irmã Umm Ahmad al-Kanadiyyah por sua edição excelente do texto.

Dia 6 de Sha’bān de 1427H.

Dia 30 de Agosto de 2006.

____________________________________________________________________________________________

Tradução: ‘Aishah Barletta

Tradução original: https://abdurrahmanorg.files.wordpress.com/2014/11/the-shahaadah-e28093-testimony-of-faith-by-saleh-as-saleh.pdf

Traduzido originalmente por: Dr. Saleeh As-Saleeh

Um comentário em “Será que É Suficiente Só “Dizer” a Shahādah (Testemunho de Fé)? – Dr. Saleh As-Saleh

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s