Doze Passos Para a Criação das Nossas Crianças e Estabelecimento de Uma Casa Virtuosa [PARTE 2]

bismillah (1)

Em sétimo lugar:

Inscrever seus filhos e filhas nas escolas Salafī e em Madrassas depois do horário escolar para o aprendizado e memorização do Nobre Alcorão estabelecido nas Mesquitas Salafī. Essas instituições devem ser seguras e não conhecidas por espancar crianças e, assim, afastá-las da religião. As crianças pequenas devem ser nutridas e não espancadas. E al hamdu lillāh, este não é o método que os salafistas usam para ensinar seus filhos.

Deve-se também evitar os centros, escolas e mesquitas de partidarismo preconceituoso (hizbiyyah), desorientação e inovação. O Salaf costumava dizer que as crianças estão em sua formação inicial, e é essa educação inicial que as molda para o futuro. Portanto, mantenha-os longe dos centros de orientação equivocada, extremismo e sufismo. É importante que os significados do Alcorão também sejam ensinados nessas escolas. É uma metodologia estranha e errônea de ensino em que as crianças são ensinadas a memorizar sem saber o que estão memorizando. Portanto, certifique-se de que seus filhos estejam aprendendo o Alcorão, aprendendo os significados do Alcorão e aprendendo a língua árabe.

Na autoridade de Uthman ibn Affan, que o Profeta ﷺ disse:

“O melhor dentre vós é aquele que aprende o Qur.ān e ensina para os outros.” [Coletado por Bukhārī (nº5027)]

Em oitavo lugar:

Proteger as crianças dos canais por satélite, da TV e da Internet, onde possam estar expostos a discursos, imagens e músicas imorais e harām (ilícitas), como filmes e novelas baseadas na glorificação da fornicação, infidelidade, desobediência, desrespeito e pecado – da mesma forma que contêm pecado e desobediência e até mesmo idolatria e descrença. Esses são assuntos com os quais os muçulmanos se tornaram relaxados e despreocupados – muitos são desatentos e tolos com relação a suas responsabilidades nesse caso. Se seus filhos precisarem acessar a Internet, verifique se você tem um controle dos pais forte em todos os computadores que eles acessam. Um dos controles de pais melhores e mais simples e gratuitos é o k9webprotection.com – certifique-se de que o acesso a fóruns e mídias sociais esteja bloqueado, assim como o youtube e outros sites que levam os jovens a se perder quando usados irresponsavelmente. O mesmo pode ser dito sobre smartphones e iPhones. Se você deseja que seus filhos tenham esses dispositivos, eles devem ser controlados com controles parentais rígidos como uma medida de segurança contra imagens obscenas, vídeos e músicas. Eu diria até mesmo que não há necessidade de qualquer pai ou mãe que se importe com o bem-estar mental e psicológico de seu filho (seja muçulmano ou não-muçulmano) de ter canais terrestres ou via satélite em casa. Se houver algum documentário benéfico em particular, basta baixá-lo e assisti-lo, se houver necessidade disso.

Então, essa é uma enorme responsabilidade sobre os ombros dos pais e mães. Eles devem trabalhar em equipe para cultivar e nutrir seus filhos. Bukhārī e Muslim relatam de Ma’qil bin Yasār, raḍiAllāhu ‘anhu, que o Profeta ﷺ disse:

“Não há um homem a quem Allāh deu autoridade e ele é desonesto em relação à sua responsabilidade e ele morre dessa maneira, exceto que Allāh fará proibido para ele o Jannah (Paraíso).” [Coletado por Bukhārī (nº 7150) e Muslim (nº 142)]

Em nono lugar:

Ensinar-lhes os assuntos do Islām e do Īmān e implantar e nutrir a veneração, o amor e o temor de Allāh em seus corações – e estabelecê-los firmemente no Tawhīd (Monoteísmo de Allāh). E amar o Profeta ﷺ explicando suas virtudes e a excelência de segui-lo. Inculcar isso em seus corações, lendo sua Sīrah (biografia), sua bravura e coragem, sua bondade e generosidade. Ensiná-los boas maneiras e etiqueta e como se comportar em público e privado; Distinguir entre comportamento apropriado e inadequado; Conhecer sobre o código de vestimenta dos crentes [homens e mulheres]; as maneiras da masjid (mesquita) e como se comportar nel. As maneiras de comer e beber; higiene pessoal e tahārah (purificação); esperar que a mãe e o pai comecem e se sirvam primeiro; Não comer demais e comendo mais que os outros.

Como agir também ao redor dos mais velhos, amigos, parentes e Sábios. Não interromper quando os mais velhos tiverem falando ou entrar pela porta na frente da mãe e do pai, ou apontar os pés na direção deles, em direção ao professor ou acadêmico. Ensinar-lhes constantemente a dizer “por favor” e agradecer; e fazer a lembrança de Allāh (dhikr). Orar a tempo e sentar depois da oração para o dhikr. Ensine-os ahadīth curtos e du’ā (súplicas) para memorizar. Ensine-os a falar com linguagem clara, livre de gírias de rua e obscenidades. A ser forte em corpo e caráter e resoluto sobre o Haqq (verdade) – não se deixar influenciar em relação a isso!

Adolescentes meninos e meninas são ensinados a baixar o olhar e controlar seus impulsos e desejos, e se preparam para o casamento. Os pais não devem atrasar o casamento de seus filhos e filas desnecessariamente, nem recusar uma proposta para seus filhos de um piedoso pretendente que é Salafi. Os pais também não devem obrigá-los a casar com quem não estão satisfeitos – e proibi-los de se casarem com pecadores e inovadores. Os pais devem ter a mente aberta não se casar [seus filhos] apenas com a sua própria raça. Um Salafi virtuoso é um Salafi virtuoso, seja somali, paquistanês, africano, caribenho, chinês ou árabe. Case suas filhas com aquele que é mais virtuoso e capaz de cuidar delas com respeito e honra.

Para as meninas adolescentes ensine a não ficarem tímidas em usarem o hijāb. Estas não devem ser consideradas como vestes meramente para a Mesquita, estas são nossas vestes diárias que nós e nossos filhos estamos satisfeitos e orgulhosos de adornar nosso corpo. Eles devem ser ensinados a serem honestos e sinceros, e [ensine-os que] nunca devem mentir, enganar, roubar ou oprimir. E se eles falharem e pecarem, ensine-os a se arrependerem a Allāh e a devolver os direitos dos outros.

Devem ser ensinados para eles os direitos de um muçulmano sobre outro muçulmano: devolver o salām, visitar os doentes, participar de funerais Salafis, darem conselhos sinceros, responder a quem espirra e aceitar convites para a reunião onde Allāh não é desobedecido e manter os laços com parentes (mesmo que não sejam muçulmanos). Apenas imagine, ó pais! Se apenas todas as crianças fossem cultivadas nesse caminho profético. Pedimos a Allāh, O Mais Generoso, que conceda a nós e a nossos filhos sucesso na adoração.

Em décimo lugar:

Colocá-los na cama cedo, acordá-los cedo e ocupar o tempo deles com aquilo que vai beneficiá-los; e permitir que eles participem de jogos e brincadeiras permitidas por um tempo definido sem exceder o limite. Organizando bem o seu tempo para que seja equilibrado entre trabalho, estudo e diversão.

Ensine-lhes tarefas domésticas para que ajudem suas mães a limpar, arrumar e cozinhar, especialmente as filhas – embora não permita que os filhos fiquem despreocupados com os deveres domésticos. O Mensageiro de Allāh ﷺ ajudava sua família e consertava suas próprias roupas. Nossos filhos devem entrar na idade adulta tendo preocupação com suas irmãs, tendo um senso de ciúmes e desejo de protegê-las e ajudá-las em suas tarefas domesticas. Isso irá prepará-los para suas vidas como adultos, maridos e pais. Os meninos adolescentes devem ser ensinados a respeitar as mulheres e tratá-las om bondade e ajudar as mulheres da casa em suas tarefas domésticas. O Profeta ﷺ disse em uma narração:

“O melhor de vocês são aqueles que são melhores para suas esposas, e eu sou o melhor de vocês para as minhas esposas.”

Em décimo primeiro lugar:

Que o pai ou os pais sejam gentis em seu tratamento com os filhos. ‘Āishah, raḍiAllāhu ‘anhā, narro que o Mensageiro de Allāh ﷺ disse:

“Gentileza não é introduzida em um caso, exceto que é embelezada e [a gentileza] não é tirada de qualquer caso, exceto que é desconfigurada.” [Coletado por Muslim (nº2594)]

Os pais devem ser justos (ter “adl) entre seus filhos em tudo: em seus discursos, em transmitir saudações, provisões, comprar presentes etc., para que ninguém seja oprimido e não ocorram ciúmes entre eles. O Imām Muslim relata em seu Sahīh (nº 1623) de Na-Nu’man bin Bashīr, raḍiAllāhu ‘anhumā, que seu pai lhe deu um servo e não deu para os outros filhos. Então sua esposa disse: “Vou perguntar ao Mensageiro de Allāh ﷺ sobre isso.” Então o Mensageiro de Allāh ﷺ disse ao pai, Bashīr, raḍiAllāhu ‘anhu:

“Tema Allāh e seja justo com seus filhos.” [Coletado por Muslim (nº163)]

Então seja muito cuidadoso com relação a essa questão, ó pais! A opressão e a injustiça é escuridão no Dia da Ressurreição. Se você compra um brinquedo para um, então deve comprar algo para os outros, esta é a Sunnah e é a justiça – da mesma forma no que diz respeito a roupas e outras provisões e presentes. Dessa maneira, as crianças aprendem a honestidade e justiça e isso só aumenta seu amor por seus pais. Além disso, este é um assunto que é tão importante, se não mais importe, no que diz respeito aos direitos de herança. É lamentável que irmãos seja às vezes excluídos do testamento dos seus pais e testamentos sejam escritos em contradição com as divisões [de herença] do Qur.ān. as mulheres, em especial, têm seus direitos de herança concedidos por Allāh – e isso é do mais grave dos pecados, então fique atento.

Em décimo segundo lugar:

Os pais devem saber que a orientação está na Mão de Allāh, Ele guia quem Ele quer [ e isso é] da Sua Recompensa e Ele desvia quem Ele quer [e isso é] da Sua Justiça. Então orientar, dirigir e apontar para o bem é com Allāh. Allāh, O Altísssimo, afirmou:

إِنَّكَ لَا تَهْدِي مَنْ أَحْبَبْتَ وَلَٰكِنَّ اللَّهَ يَهْدِي مَن يَشَاءُ ۚ وَهُوَ أَعْلَمُ بِالْمُهْتَدِينَ

“Por certo que não és tu [ó Muḥammad] que orientas a quem queres; contudo, Allāh orienta a quem Lhe apraz, porque conhece melhor do que ninguém os encaminhados.” [Al-Qasas (28): 56]

Desse modo, sobre nós como pais está fazer abundantes du’ā (súplicas) para nossos filhos que eles sejam guiados e retificados. Assim como Allāh, O Altíssimo, afirmou:

وَالَّذِينَ يَقُولُونَ رَبَّنَا هَبْ لَنَا مِنْ أَزْوَاجِنَا وَذُرِّيَّاتِنَا قُرَّةَ أَعْيُنٍ وَاجْعَلْنَا لِلْمُتَّقِينَ إِمَامًا

“E aqueles que disserem: Ó senhor nosso, faze com que as nossas esposas e a nossa prole sejam o conforto para nossos olhos e designa-nos líderes dos devotos.” [Al-Furqan (25): 74]

E tenha cuidado em fazer du’ā contra seus familiares e filhos. Imām Muslim relata em seu Sahīh (nº 3009) um hadīth de Jābir bin Abdillāh que o Profeta ﷺ disse:

“Não faça du’ā contra você mesmo. Não faça du’ā contra seus filhos. Não faça du’ā contra a sua riqueza e propriedade, a fim de que não coincida com uma hora quando Allāh é solicitado e Ele responde ao du’ā.”

Assim, tomamos os meios fornecidos por Allāh – e esses meios não são independentes dos resultados. Em vez disso, tomamos os meios e aquelas pessoas que dizem “os meios que tomamos e o esforço que exercemos não importam e não tem efeito”, então eles estão equivocados (como o Jabariyyah). Nós tomamos os meios e buscamos a ajuda de Allāh e o resultado e com Ele. Nós também não dizemos como os ignorantes dizem: “Vamos deixar nossos filhos fazerem o que quiserem e ir e vir como quiserem. Fomos guiados à verdade depois do pecado e da incredulidade, e eles também vão encontrar o caminho.” Ao contrario, o inteligente que é guiado pelo Livro e pela Sunnah reconhece que recebemos responsabilidades que somos obrigados a cumprir. O Profeta ﷺ disse:

“Esforce-se para alcançar o que irá beneficiá-lo e buscar a ajuda de Allāh e não se sente sem agir. E se algo afligir você depois, não diga: ‘Se ao menos eu tivesse feito tal e tal coisa, então tal e tal teria acontecido.’ Antes diga (nesse caso): É apenas o Decreto de Allāh e o que quer que Ele queira Ele faz.” [Muslim (nº 2667)]

Desse modo, isto é dito quando alguém se esforça e realiza ações que ajudarão em seu caso. Ele toma os meios esperando por um bom resultado final, e se o resultado final não for como ele esperava, então ele (ou ela) diz:

“Qaddar Allāhu a māshā ‘wa fa’la” (É apenas o Decreto de Allāh e o que quer que Ele queira Ele faz).

Quanto aquele que não se esforça, deixa os meios e é negligente e suas questões não dão certo e seus filhos se tornam rebeldes e pecadores, então ele deve tomar uma grande porção de responsabilidade e é correto que ele se arrependa em retrospectiva. Allāh, O Altissimo, disse com relação aos habitantes do Fogo, que irão se arrepender:

وَقَالُوا لَوْ كُنَّا نَسْمَعُ أَوْ نَعْقِلُ مَا كُنَّا فِي أَصْحَابِ السَّعِيرِ

“E eles dirão: Se tivéssemos escutado e usado nossa inteligência, não estaríamos entre os condenados ao Fogo!” [Al-Mulk (67): 10]

Que Allāh, O Altíssimo, nos dê a habilidade de criar filhos virtuosos que sejam obedientes a Allāh, pois, em verdade, é Allāh quem dá o sucesso.

Todos os louvores são devidos a Allāh, O Senhor de tudo que existe e que a paz e as bênçãos de Allāh estejam sobre o Mensageiro Muḥammad, seus Companheiros e seus seguidores até o Dia do Julgamento.

Tradução: ‘Aishah Barletta

Tradução original: https://www.abukhadeejah.com/twelve-steps-in-cultivating-our-children/

Traduzido originalmente por: Abu Khadeejah ‘Abdul-Wahid

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s