Participar Do Natal Com os Kuffār – Shaykh ‘Abdul- Azīz ibn Bāz

Pergunta:

Nosso irmão diz: “Ele nota que alguns dos muçulmanos participam junto com os cristãos na Celebração do Nascimento, ou Naral, como o chamam; ele espera por alguma orientação quanto a isso.”

Resposta:

Não é permissível para o muçulmano ou muçulmana participar com os Cristãos, os Judeus, ou outros além deles dentre os descrentes nos seus feriados. Ao contrário, é obrigatório abandonar isso. Isto é porque:

“Aquele que imita um povo é dentre eles.”

E o Mensageiro ﷺ nos alertou contra imitá-los e nos embelezarmos com o maneirismo deles. Portanto, cabe aos homens e mulheres crentes tomarem cuidado com isso e não ajudar na celebração desses feriados com nada. Isso ocorre porque são feriados que se opõem à Legislação de Allāh e os inimigos de Allāh os estabelecem. Desse modo, não é permitido participar deles, nem cooperar com seu povo ou ajuda-los em coisa alguma; nem (dando-lhes) chá, café ou qualquer coisa; tais como utensílios e similares.

Também, Allāh, O Glorificado, diz:

وَتَعَاوَنُوا۟ عَلَى ٱلْبِرِّ وَٱلتَّقْوَىٰ ۖ وَلَا تَعَاوَنُوا۟ عَلَى ٱلْإِثْمِ وَٱلْعُدْوَٰنِ ۚ وَٱتَّقُوا۟ ٱللَّهَ ۖ إِنَّ ٱللَّهَ شَدِيدُ ٱلْعِقَابِ

“Ajudem-se, mutualmente, na bondade e na piedade. E não vos ajudeis no pecado e na transgressão. E temei a Allāh. Por certo, Allāh é Severo na punição.”

Então participar com os descrentes em suas celebrações é um tipo de ajuda-los no pecado e na transgressão.

Consequentemente, é obrigatório para todo muçulmano e muçulmana abandonar isso e não é adequado para aquele que tem intelecto ser enganado pelo povo em suas ações. É obrigatório refletir sobre a legislação do Islām e aquilo que é trazido e seguir o comando de Allāh e Seu Mensageiro ﷺ e não olhar para os assuntos do povo. Pois a maior parte da criação não tem preocupação com a Legislação de Allāh. Como disse Allāh, o Poderoso e Majestoso:

وَإِن تُطِعْ أَكْثَرَ مَن فِى ٱلْأَرْضِ يُضِلُّوكَ عَن سَبِيلِ ٱللَّهِ ۚ إِن يَتَّبِعُونَ إِلَّا ٱلظَّنَّ وَإِنْ هُمْ إِلَّا يَخْرُصُونَ

“E, se obedeces à maioria dos que estão na terra, eles lhe desviariam do Caminho de Allāh. Não seguem senão conjecturas e nada fazem senão mentir.” [Al-An’am (6): 116]

Ele, Glorificado seja Ele, disse:

وَمَآ أَكْثَرُ ٱلنَّاسِ وَلَوْ حَرَصْتَ بِمُؤْمِنِينَ

“E a maioria dos homens não crerão, mesmo se desejas isso ansiosamente.” [Yusuf (12): 103]

Portanto, os feriados que se opõem à Legislação, então não é permissível aceita-los, mesmo que as pessoas estejam fazendo isso. Para o crente pesa suas ações e ditos e as ações e os ditos das pessoas, pelo Livro e pela Sunnah. O Livro de Allāh e a Sunnah do Seu Mensageiro ﷺ. O que coincide com eles ou um deles (ou o Livro de Allāh ou a Sunnah), então é aceito, mesmo que as pessoas o tenham abandonado. Aquilo que se opõe ao Livro de Allāh ou a Sunnah, então é rejeitado, mesmo que as pessoas o façam. E que Allāh conceda a todos o tawfīq e a orientação.

Fonte original: http://www.binbaz.org.sa/mat/20019

Fonte traduzida: https://mtws.posthaven.com/the-ruling-on-participating-in-christmas-by-s

Tradução ao inglês: Raha ibn Donald Batts

Tradução ao português: ‘Aishah bint Humberto Barletta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s