O Que é a Ummah do Islām? [Islām 4.7]

Objetivos: explicar o que é a Ummah e o que une a comunidade.

Allāh, o Altíssimo, diz:                

كُنتُمْ خَيْرَ أُمَّةٍ أُخْرِجَتْ لِلنَّاسِ تَأْمُرُونَ بِٱلْمَعْرُوفِ وَتَنْهَوْنَ عَنِ ٱلْمُنكَرِ وَتُؤْمِنُونَ بِٱللَّهِ

“Vos (os verdadeiros crentes no Monoteísmo Islâmico e reais seguidores do Profeta Muḥammad ﷺ) sois o melhor dos povos que se fez sair para a humanidade: ordenais Al-Ma’ruf (o Monoteísmo Islâmico e tudo o que o Islām ordena), proibis Al-Munkar (politeísmo, descrença e tudo o que o Islām proibiu) e credes em Allāh.” [Ali ‘Imran (3): 110]

A Ummah é a comunidade muçulmana de crentes. Seus membros compartilham a mesma fé e seu compromisso com a Shahādah (Testemunho de Fé). Assim que alguém profere o testemunho de fé “lā ilāha illallāh, Muhammadun rasūlulullāh” (significando: “Não há deus verdadeiro, nada é digno de adoração, exceto Allāh; e Muḥammad é o Mensageiro de Allāh”), eles fazem parte da Ummah. A partir desse momento, toda a comunidade é obrigada a ajudá-lo quando ele precisa e a aconselhá-lo e corrigi-lo quando ele está errado. A Ummah é obrigada apenas a se unir no que é bom e correto e rejeitar o que é errado, imoral e pecaminoso, mesmo que seja de um companheiro muçulmano. Um muçulmano deve sempre tentar seguir as leis, costumes e tradições do Islām. Um muçulmano nunca deve apoiar outro muçulmano quando ele faz algo errado.

A maioria das pessoas que se tornam muçulmanas e membros da Ummah mudam seus nomes para um nome muçulmano mais tradicional. Isso mostra e torna aparente sua nova identidade islâmica e seu novo relacionamento com Deus. Muitos nomes masculinos começam com “Abdul”, que significa “Servo de”, seguido por um dos nomes do próprio Deus. Por exemplo: Abdul-Ghaffār, o servo do Todo-Indulgente. Abdul-Rahmān , o servo do Misericordioso. Abdul-Basīr, o servo Daquele que tudo vê. Abdullāh, o servo de Allāh, sendo o feminino Amatullāh, serva de Allāh. Outros nomes femininos são: Khadījah, ‘Ā’ishah, Maymūnah, Zaynab e assim por diante.

Todos os muçulmanos se consideram irmãos e irmãs de todos os outros muçulmanos. O relacionamento de um muçulmano com Deus e outros muçulmanos devotos é visto como mais importante do que seu relacionamento com membros da família ímpios e pecadores. Dito isso, Deus proíbe que a família de alguém seja abandonada e ignorada. Na verdade, a família de alguém merece mais da’wah (chamamento para o Islām) e conselhos do que os de fora. Quando o Profeta ﷺ e seus companheiros deixaram suas famílias e propriedades em Meca, eles estabeleceram laços de fraternidade ainda mais fortes com os crentes de Medina.

A Ummah sempre incluiu pessoas de todas as nações e raças. Todos eles têm direitos e responsabilidades. Todos têm direitos aos olhos de Allāh, independentemente da pele, cor ou raça – a única coisa que torna uma pessoa melhor do que outra é seu conhecimento, piedade, adoração e proximidade de Allāh por meio de ações virtuosas. As mulheres e os homens são diferentes, pois Allāh os tornou diferentes – e seus papéis e deveres são diferentes – mas uma devota dentre as mulheres é tão amada por Allāh quanto um devoto dentre os homens. Para ambos existe o Paraíso como recompensa. Todos os muçulmanos são ordenados a praticar os Cinco Pilares, seguir a Sharī’ah (Lei Islâmica) e seguir a orientação e a Sunnah do Profeta ﷺ. Muitos muçulmanos vivem no Oriente Médio, mas existem centenas e milhões que vivem em todo o mundo.

Em um país não muçulmano como a Grã-Bretanha ou os Estados Unidos, a Ummah muçulmana é uma das muitas comunidades que constituem a sociedade como um todo. Não só tem suas próprias crenças, valores, costumes e tradições, mas também seu próprio ritmo de vida construído em torno do ciclo anual de seu calendário e da rotina diária de orações. Tem sua própria comida e código de vestimenta e, em alguns lugares, suas próprias escolas. Todas essas coisas unem a comunidade e a diferencia das demais.

Um mapa ilustrativo da população muçulmana mundial de acordo com Pew Research Centre

Fatos: Estima-se que 2 milhões de muçulmanos vivam no Reino Unido; 204 milhões na Indonésia; 164 milhões no Paquistão; 76 milhões na Turquia; 28 milhões na Arábia Saudita; 73 milhões na Nigéria; 74 milhões no Egito.

Escrito por: Abu Khadeejah
Fonte: https://www.abukhadeejah.com/online-education-islam-4-7-the-ummah-redstone-academy/
Traduzido ao português: ‘Aishah Barletta

Um comentário em “O Que é a Ummah do Islām? [Islām 4.7]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s